As principais notícias desta quarta-feira 05 de dezembro

Por Jornalismo Rede Nova - 05/12/2018

Reforma da Previdência de Bolsonaro pode ser fatiada

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, admitiu na terça-feira (4) a possibilidade de fatiar a reforma da Previdência para facilitar a aprovação no Congresso. Atualmente, a reforma da Previdência é discutida num projeto único. A proposta está na Câmara e inclui pontos como idade mínima, regras de transição e regimes especiais para algumas carreiras. Bolsonaro disse ainda que a primeira questão seria a de tentar uma idade mínima para aposentadoria.

Presidente eleito quer reforma trabalhista maior

Em mais uma defesa da flexibilização das leis trabalhistas, Bolsonaro disse ontem que, mesmo após a reforma da CLT, continua sendo difícil ser patrão no Brasil. “Alguns falam até que poderíamos nos aproximar de legislações trabalhistas como existem em outros países, como nos Estados Unidos. Mas a própria reforma trabalhista última que eu votei favorável já teve um reflexo positivo, o número de ações trabalhistas praticamente diminuiu à metade. E hoje em dia continua sendo muito difícil ser patrão no Brasil, não há dúvida”, disse.

TSE aprova contas de Bolsonaro com ressalvas

Os sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral aprovaram ontem por unanimidade, a prestação de contas de campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2018, com ressalvas. “As irregularidades detectadas são de pouquíssima relevância”, justificou o ministro Luís Roberto Barroso, o relator das contas.

Gilmar Mendes adia julgamento sobre liberdade a Lula

Com dois votos (de Edson Fachin e Cármen Lúcia) contrários à concessão de liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro Gilmar Mendes pediu vista e suspendeu por tempo indeterminado o julgamento do recurso apresentado pela defesa do petista. Além do voto de Mendes, faltam os de Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

Alerj define rito de impeachment contra Pezão

Por determinação da Justiça, a mesa diretora da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro autorizou na terça (4) abertura de processo de impeachment contra o governador Luiz Fernando Pezão (MDB), que foi preso na quinta (29). O rito do processo vai ser definido nesta quarta-feira (5) em reunião na Alerj.

Carro invade loja e deixa feridos em Copacabana

Ao menos duas pessoas ficaram feridas após um carro bater contra o muro de uma loja em Copacabana, na zona sul do Rio, na noite desta terça-feira, 4. Segundo o Corpo de Bombeiros, o estado de saúde das vítimas seria “intermediário”.

Caminhoneiros organizam greve pelo WhatsApp

Caminhoneiros autônomos começam a organizar dentro de grupos de WhatsApp uma nova paralisação da categoria contra o descumprimento do piso mínimo do frete. A greve aconteceria em 22 de janeiro, dois dias depois da reunião que deve ocorrer na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para discutir o reajuste da tabela de frete.

FUTEBOL

São Paulo anuncia lateral-direito Igor Vinícius

O São Paulo anunciou sua primeira contratação para a temporada 2019. Trata-se do lateral-direito Igor Vinícius, que disputou a Série B do Brasileirão pela Ponte Preta nesta temporada. O jovem jogador, de apenas 21 anos, assinou contrato de empréstimo com o Tricolor por um ano com opção de compra ao fim deste período. Já o Corinthians ainda terá de esperar mais algumas semanas para ter Fábio Carille de volta como técnico. A pedido do dono do time árabe Al-Wehda, o treinador fará mais dois jogos pela equipe antes de se desligar oficialmente e retornar ao Brasil com sua comissão técnica.

LOTERIA

Mega-Sena acumula e vai a R$ 12 milhões

Sem acertadores no sorteio de terça-feira (4), a Mega-Sena voltou a acumular e poderá pagar R$ 12 milhões no próximo concurso, que acontece na quinta-feira (6). Confira os números de ontem: 04 – 16 – 19 – 31 – 44.