Principais destaques de hoje 12 de maio

Por Jornalismo Rede Nova - 12/05/2017

Lava Jato

joaosantanacondenado

O marqueteiro João Santana disse em delação premiada na Lava Jato que Lula tinha conhecimento dos pagamentos por fora efetuados à sua empresa e que ouviu diversas vezes de Palocci que as decisões dependiam da ‘palavra final do chefe’. O conteúdo do depoimento de Santana e de sua mulher, Mônica Moura, foram divulgados na quinta-feira (11). Mônica disse que Dilma tinha pleno conhecimento de doação de caixa 2 para sua campanha. A ex-presidente disse que Santana e Moura prestaram falso testemunho.

Repercussão do depoimento de Lula

Após depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sergio Moro, a defesa e o Ministério Público Federal pediram que novas testemunhas sejam ouvidas no processo sobre o tríplex no Guarujá. Em seu depoimento, Lula cobrou provas, citou a mulher Marisa e contradisse seu Instituto. A equipe de procuradores do MP acredita que Lula pode ser condenado no caso do tríplex e que o depoimento ajudou a acusação. Após a ampla divulgação do depoimento, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou a exposição. O senador Aécio Neves também reclamou do exagero na repercussão das falas de Lula.

Um ano de Temer presidente

Michel Temer completa um ano nesta sexta-feira (12) como presidente da República. Para comemorar, o governo lançou um site com o marca ‘Agora Brasil’, que destaca ‘1 ano de coragem, trabalho e avanços’.

FGTS inativo

A terceira fase de saque do dinheiro depositado em contas inativas do FGTS começa nesta sexta-feira (12). O terceiro lote é destinado a trabalhadores que nasceram em junho, julho e agosto e o dinheiro poderá ser retirado até o dia 31 de julho.

Biografia de Hebe Camargo

A biografia da apresentadora Hebe Camargo foi lançada na noite de quinta-feira (11) em São Paulo. ‘Hebe, a Biografia’, escrita por Artur Xexéo, conta a história de vida da artista em ordem cronológica.

Futebol

COPA SUL-AMERICANA

São Paulo dá vexame e cai na Sul-Americana contra rival argentino. O técnico Rogério Ceni negou vexame e lembrou alguns números em coletiva de imprensa tensa após o jogo.

Magrão é herói nos pênaltis e Sport avança na Sul-Americana