O que é notícia nesta sexta-feira 07 de dezembro. Acompanhe

Por Jornalismo Rede Nova - 07/12/2018

Paulo Guedes cria secretaria e nomeia tucano

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiu mudar a estrutura interna de sua pasta. Em vez de 6 agora serão 7 as Secretarias Especiais. O novo cargo será chamado Secretaria Especial de Previdência e Emprego (ou Trabalho; o nome definitivo ainda está sendo definido). O titular escolhido é o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), que se torna o primeiro tucano no alto escalão econômico do novo governo.

MPF defende que Dilma perca direitos políticos

O Ministério Público Federal ingressou ontem com uma ação na Justiça contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e mais 4 pessoas pelas pedaladas fiscais que levaram ao pedido de impeachment da petista, em 2016. Eles são acusados de se valerem de seus altos cargos no governo federal para maquiar as estatísticas fiscais de janeiro de 2011 a dezembro de 2014.

PT pede que Flávio e Michelle Bolsonaro sejam investigados

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), ingressou na quinta-feira com uma representação criminal na PGR pedindo que o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e a futura primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro sejam investigados. O pedido foi feito com base em relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras que aponta movimentações financeiras suspeitas no valor de R$ 1,2 milhão entre 2016 e 2017 do policial militar Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro. Uma das transações citadas no relatório é um cheque de R$ 24 mil destinado à Michelle Bolsonaro.

RJ: ônibus invade banco e deixa dois feridos

Pelos menos duas pessoas ficaram gravemente feridas em um acidente de ônibus no início desta tarde de quinta-feira no cruzamento das Avenidas Rio Branco e Presidente Vargas, no centro do Rio. O motorista do coletivo perdeu o controle da direção, que entrou dentro de uma agência bancária até atingir uma coluna do imóvel.

STJ nega posse de palácio à família imperial em ação de 123 anos

Por unanimidade, a 4ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu que o Palácio da Guanabara, sede do governo do Rio de Janeiro, permanece sob a posse da União. A decisão levou em conta que a família real possuía o domínio para uso e habitação, mas a propriedade sempre foi do Estado. A família Orleans e Bragança tentava retomar a posse do Palácio da Guanabara ou receber indenização pela tomada do palácio pelo Estado. O processo está atrelado a outra ação que tramita desde 1950. A mais antiga, de 1895, foi proposta pela própria Princesa Isabel e a 2ª por seus netos, ambas discutindo se o Palácio, à época da proclamação da República, estava incluído entre os bens privados da família imperial, ou se tinha o fim exclusivo de moradia.

Segurança de supermercado confirma agressão a cão

O segurança acusado de agredir e causar a morte de um cachorro, em uma loja do Carrefour em Osasco, na Grande São Paulo, confessou à polícia ter golpeado o animal com uma barra metálica, mas se disse arrependido. Em depoimento prestado na quinta-feira (6) na Delegacia do Meio Ambiente, ele afirmou que não percebeu que havia ferido o animal e só teria se dado conta quando viu o sangue no chão.

STF veta multa por frete e revolta caminhoneiros 

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar nesta quinta-feira, 6, suspendendo a aplicação de multas pelo descumprimento da tabela com preços do frete. O tabelamento, questionado por várias entidades empresariais, fixa valores mínimos a serem praticados no transporte de cargas. A medida cautelar de Fux suspende a aplicação das medidas administrativas, coercitivas e punitivas previstas na lei que criou a tabela de frete, bem como os efeitos da resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que estabelece multas para quem descumprir os valores fixados. “Determino, por consequência, que a ANTT e outros órgãos federais se abstenham de aplicar penalidades aos embarcadores, até o exame do mérito da presente ação direta pelo plenário”, afirma Fux em sua decisão.

Juiz suspende negócio entre Boeing e Embraer

A Justiça Federal de São Paulo suspendeu qualquer decisão da Embraer que permita a transferência da parte comercial da empresa para a norte-americana Boeing. O negócio criaria uma nova empresa avaliada em US$ 4,8 bilhões, em que 80% das ações seriam da Boeing e 20% ficariam com a Embraer.

EUA: prédio da CNN é esvaziado por ameaça de bomba

O Time Warner Center, em Manhattan, que abriga a CNN, foi evacuado depois que alguém fez uma denúncia sobre uma ameaça de bomba na noite de quinta-feira (6) – madrugada desta sexta-feira (7) no Brasil. Após uma varredura no prédio, a polícia não encontrou nenhum explosivo e os funcionários foram autorizados a entrar no prédio.

França reforça esforços para evitar caos

O governo do presidente francês, Emmanuel Macron, redobrou os esforços na quinta-feira para evitar uma nova explosão de violência nos protestos dos ‘coletes amarelos’ previstos para o sábado (8), em meio a um clima de descontentamento geral que se espalha para outros setores.

Libertadores: Conmebol rejeita ação do Boca e confirma final

A Conmebol anunciou nesta quinta-feira que a Câmara de Apelações da entidade desprezou o recurso apresentado pelo Boca Juniors, que pedia os pontos do segundo jogo da final da Copa Libertadores, contra o River Plate. Com isso, fica confirmada a realização do jogo de volta no domingo (9), no estádio Santiago Bernabéu, em Madri, na Espanha.

LOTERIA

Mega-Sena acumula e vai a R$ 30 milhões no sábado

Sem acertadores no sorteio de quinta-feira (6), a Mega-Sena voltou a acumular e poderá pagar R$ 30 milhões no próximo concurso, que acontece no sábado (8). Normalmente, os sorteios acontecem às quartas e sábados, mas excepcionalmente nesta semana há um total de três sorteios: terça, quinta e amanhã.  Confira as dezenas de ontem: 02, 10, 12, 27, 45 e 56.