O Corpo de Bombeiros Militar de Mafra desenvolve Curso de Atendimento a Emergências

Por Jornalismo Rede Nova - 07/05/2019

O Corpo de Bombeiros Militar de Mafra desenvolve Curso de Atendimento a Emergências e contempla colaboradores de Escolas Publicas

O Corpo de Bombeiros Militar de Mafra iniciou mais um Curso Básico de Atendimento a Emergências- CBAE neste mês, contando com 64 participantes. Esta edição foi voltada a atender demandas de escolas públicas dos Municípios de Mafra e Itaiópolis, visando treinar profissionais que já atuam nas escolas, que saberão responder a uma emergência, assim como solicitar apoio dos demais órgãos de atendimento emergencial de forma mais efetiva.

Uma recente legislação obriga que determinados ambientes escolares a possuam Brigadistas Voluntários em todo seu funcionamento. A Lei Estadual n° 16.157 -2013, que dispõe sobre as normas e requisitos mínimos para a prevenção e segurança contra incêndio e pânico, que exige Brigadista voluntário em ambiente escolar, proporcional a quantidade de funcionários do local. Já a Lei Federal n° 13.722 -2018,torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil. Esta Lei Federal é denominada “Lei Lucas” em homenagem ao garoto Lucas Begalli Zamora, de 10 anos, que morreu em setembro de 2017 ao se engasgar com um lanche durante um passeio escolar em Campinas (SP).

Programado para ocorrer durante este mês de maio, o curso que conta com carga horária total de 40 horas , aborda noções de atendimento pré-hospitalar, combate a incêndios, noções de percepção e gestão de risco e conhecimento e uso de sistemas preventivos de combate a incêndio.

Através de aulas teóricas e práticas ministradas pela equipe de Bombeiros Militares e Comunitários, os alunos serão capacitados para agir em situações de emergências, atuando na primeira resposta, ponto essencial no desfecho de uma ocorrência, onde prejuízos humanos e materiais tem a maior chance de serem salvos. Através de recursos disponíveis em seus locais de trabalho e em outros ambientes, poderão realizar o dimensionando e gerenciando riscos, primeiros socorros, extinção de princípios de incêndio, além de realizar o acionando de forma eficaz e correta os recursos adicionais necessários, como Corpo de Bombeiros e outros órgãos, evitando ou minimizando consequências desastrosas.

Fonte/Foto: Corpo de Bombeiros de Mafra
Fonte/Foto: Corpo de Bombeiros de Mafra

O CBAE capacita seus participantes como Agente Comunitário de Proteção Civil e Brigadista Voluntário, ainda tem o intuito selecionar membros da própria comunidade para realizarem o Curso de Formação de Bombeiros Comunitários- CFBC, que habilita a atuar como Bombeiros Comunitários, após a conclusão.