Destaques desta terça-feira 12 de setembro

Por Jornalismo Rede Nova - 12/09/2017

Temer investigado 

A Polícia Federal afirmou que o presidente Michel Temer recebeu R$ 31,5 milhões de vantagens por participar do chamado ‘quadrilhão’ do PMDB da Câmara, que atuou na Petrobrás e na administração federal. As conclusões da polícia foram encaminhadas ao Supremo Tribunal Federal (STF). O relatório da investigação, que teve início em 2015, era aguardado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para finalizar a segunda denúncia contra Temer. O Supremo deve manter Janot à frente do caso JBS.

noticia_910026_img1_temer

Joesley e novos áudios

O empresário Joesley Batista, da JBS, disse ao Ministério Público Federal que possui mais gravações feitas com diferentes pessoas, alguns com relatos de crimes de terceiros. Os áudios estariam fora do Brasil e Joesley disse que pode entregar todas as gravações com a condição de que seu acordo de delação seja mantido.

© Foto: Edilson Dantas/Agência O Globo
© Foto: Edilson Dantas/Agência O Globo

Defesa de Lula

A defesa do ex-presidente Lula protocolou no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) um pedido de recurso contra a sentença do juiz federal Sérgio Moro no caso do tríplex do Condomínio Solaris, no Guarujá (SP). Lula foi condenado, em julho, a nove anos e seis meses de prisão, por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Furacão nos EUA

O furacão Irma passou pelos Estados Unidos deixando um rastro de destruição. Rebaixado à categoria de tempestade tropical, Irma continua provocando inundações e prejudicando milhares de pessoas. O olho da tempestade está no Estado da Geórgia, de acordo com o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos. A previsão é de que vá para o noroeste do Estado nesta terça-feira e, depois, mude para o Alabama. Clique aqui e veja registros impressionantes da passagem do furacão.

Furacão Irma - Imagem: Nasa
Furacão Irma – Imagem: Nasa

Tensão com a Coreia do Norte

O Conselho de Segurança da ONU impôs por unanimidade sanções contra a Coreia do Norte após o sexto e mais poderoso teste nuclear do país, em 3 de setembro, estabelecendo a proibição das exportações de produtos têxteis e limitando as importações de petróleo. Esta foi a nona resolução de sanções aprovada por unanimidade pelo conselho. A Coreia do Norte ameaça retaliar.

kim_2701423b

Ex-preparador de Senna preso

O ex-preparador físico de Ayrton Senna, Nuno Cobra, de 79 anos, foi preso pela Polícia Federal em São Paulo após ter sido condenado pelo crime de violação sexual contra uma mulher de 21 anos durante um voo, em 2015. Uma outra vítima se apresentou para contar que também havia sido vítima do profissional, o que culminou com o pedido de prisão.