As principais notícias deste sábado 11 de maio

Por Jornalismo Rede Nova - 11/05/2019

Preços da gasolina e do diesel sobem nos postos, diz ANP

O preço médio do litro da gasolina e do diesel praticado nos postos do país encerrou a semana em alta, de acordo com a pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP) divulgada nesta sexta-feira (10). No período analisado, o valor do litro da gasolina passou de R$ 4,505 para R$ 4,566, uma alta de 1,35%. O preço do litro do diesel passou de R$ 3,612 para R$ 3,644, alta de 0,89%. Os preços da gasolina e do diesel atingiram o maior patamar desde novembro do ano passado.

Líder do governo critica Rodrigo Maia pela forma como tem conduzido pauta de votações

O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), tem feito críticas ao presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pela forma como tem ele conduzido a pauta de votações, informa o repórter Nilson Klava, da GloboNews. Vitor Hugo se queixa, por exemplo, do ritmo de discussão da MP 870, a medida provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro que reestruturou o governo. Poucas horas após a aprovação do texto por uma comissão do Congresso, nesta quinta (9), o plenário da Câmara tentou votar a medida, mas sem sucesso.

Ao prever ‘tsunami’, Bolsonaro se referiu à hipótese de ser obrigado a recriar ministérios de Temer

Ao participar nesta sexta-feira (10) de um evento com dirigentes da Caixa, em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a possibilidade de um “tsunami” na próxima semana, mas não esclareceu a que estava se referindo. Segundo fontes do Palácio do Planalto ouvidas pela TV Globo, a referência foi à possibilidade de a medida provisória da reforma administrativa perder validade e, com isso, o número de ministérios aumentar de 22 para 29. Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro disse que limitaria a “no máximo 15” o número de ministérios se fosse eleito ao assumir o governo, em 1º de janeiro, deu posse a 22 ministros. No governo Michel Temer, eram 29 ministérios.

Bloqueio no orçamento de universidades será julgado no plenário do STF

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu prazo de dez dias para o presidente Jair Bolsonaro se manifestar sobre o bloqueio de 30% das despesas de custeio das universidades federais, anunciado na semana passada pelo Ministério da Educação, e submeteu o processo para julgamento do plenário da Corte. A decisão, que ocorre após o PDT entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra o contingenciamento anunciado, tem o intuito de dar tramitação mais rápida ao tema no STF.

Dívida faz governo refém do Congresso

O governo Jair Bolsonaro pode seguir até o fim de seu mandato dependente do Legislativo para honrar todos os seus pagamentos sem cometer crime de responsabilidade, o que é passível de impeachment. Este ano, o Executivo já está refém do Congresso para aprovar crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões e evitar o calote em aposentados e brasileiros carentes que precisam de assistência. Projeções da equipe econômica indicam que até 2022 haverá uma sucessão de rombos na chamada “regra de ouro” do Orçamento, que impede emissão de dívida para pagar despesas correntes. Para 2020, o Tesouro estima rombo de R$ 264,9 bilhões na regra de ouro. Em 2021, a insuficiência será de R$ 146,9 bilhões. Em 2022, para R$ 157,5 bilhões.

Inflação sobe 0,57% em abril puxada pela alta nos remédios

Influenciada pelo reajuste no preço dos medicamentos, a inflação chegou a 0,57% em março, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado nesta sexta-feira 10, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano, a variação acumulada está em 2,09%. Houve desaceleração em relação a março, quando a alta registrada foi de 0,75%. Porém, o resultado é o pior para o mês de abril em três anos. Em 2016, o índice mensal ficou em 0,61% no mês e 3,25% no quadrimestre. Na época, havia a tensão política e econômica em torno do impeachment de Dilma Rousseff (PT).

Anvisa tira do mercado 200 lotes de remédio de pressão contaminados

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mandou retirar do mercado cerca de 200 lotes contaminados de remédios para a hipertensão. E alertou que quem usa os medicamentos para controlar a pressão deve continuar tomando os remédios. Como muito remédio por aí, esses têm nomes difíceis: Losartana, Valsartana. Já explicar porque eles são importantes é simples. “Não posso ficar sem remédio. A minha pressão às vezes sobe muito”, diz uma hipertensa. Esses são remédios que muita gente toma para controlar a pressão arterial. Mas a Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, afirma que perto de 200 lotes desses remédios contêm impurezas que podem aumentar o risco de ter câncer.

Venezuela reabre fronteira com o Brasil

A Venezuela reabriu a fronteira com o Brasil no início da tarde desta sexta-feira (10) após quase três meses 78 dias. O acesso oficial entre os países foi fechado por ordem do presidente venezuelano Nicolás Maduro em 21 de fevereiro. “Está aberta a passagem para pessoas a pé e de carro”, informou nesta tarde ao G1 o cônsul venezuelano que atua em Boa Vista, Faustino Torella Ambrosini. Segundo ele, a fronteira foi aberta por volta de 12h (13h de Brasília). A reabertura também foi confirmada pela Operação Acolhida, que cuida do fluxo migratório em Pacaraima, cidade fronteiriça. Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou ser inteligente da parte do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, a decisão de reabrir a fronteira com o Brasil.

Mega-Sena pode pagar R$ 275 milhões neste sábado

O concurso 2.150 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 275 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) deste sábado (11) em São Paulo (SP). Este é o maior prêmio da Mega-Sena acumulado na história entre concursos regulares sem contar Mega da Virada. O segundo maior valor acumulado nesta categoria até hoje é o concurso de número 1763, de 21 de novembro de 2015, que ficou acumulado em R$ 200 milhões.

Fórmula 1 – Na Espanha, Lewis Hamilton lidera terceiro treino livre 

Lewis Hamilton encerrou o domínio do companheiro Valtteri Bottas, mais veloz nos dois primeiros treinos livres, e liderou a última sessão para o GP da Espanha, na manhã deste sábado. Com o tempo de 1m16s568, o britânico não só superou a marca de 2018 na mesma sessão, mas também impôs uma vantagem de 0s531 sobre o segundo colocado, Charles Leclerc. O Grande Prêmio da Espanha acontece neste domingo (12) às 10h10 (horário de Brasília).

Futebol – Confira os jogos com transmissão pela TV neste fim de semana

As transmissões abaixo referem-se aos canais TV Globo (e suas afiliadas), SporTV, Premiere e GloboEsporte.com e estão no horário de Brasília.

SÁBADO, 11

Série A do Brasileiro

16h Fluminense x Botafogo
Transmissão: Premiere, Premiere Play e PFCI (com Luiz Carlos Júnior, Lédio Carmona e Petkovic)

19h Corinthians x Grêmio
Transmissão: Premiere e Premiere Play (com Milton Leite, Ricardinho e Paulo Nunes)

21h Goiás x Ceará
Transmissão: Premiere e PFCI (com Eduardo Moreno e Grafite)

DOMINGO, 12

Série A do Brasileiro

11h Flamengo x Chapecoense
Transmissão: Premiere, Premiere Play e PFCI (com Gustavo Villani e Alex Escobar)

16h Internacional x Cruzeiro
Transmissão: TV Globo para RS, MG e PE (com Cléber Machado, Mauricio Saraiva, Bob Faria e Paulo César Oliveira) e Premiere e Premiere Play (com Luiz Carlos Júnior e Ana Thais Mattos)

16h Santos x Vasco
Transmissão: TV Globo para SP, RJ, SC, PR, ES, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Casagrande, Roger Flores e Sandro Meira Ricci) e Premiere, Premiere Play e PFCI (com Jota Júnior e Wagner Vilaron)

19h Avaí x CSA
Transmissão: SporTV (com Jader Rocha, Grafite e Raphael Rezende)

19h Fortaleza x São Paulo
Transmissão: Premiere, Premiere Play e PFCI (com Rembrandt Júnior e Mauricio Noriega).