As principais notícias desta sexta-feira 07 de junho

Por Jornalismo Rede Nova - 07/06/2019

Ministro deixa sessão no Senado após vaias

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi vaiado ontem no Senado durante sessão para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente (comemorado na quarta-feira) e deixou o local sob gritos de ‘fujão’. Ao discursar, ele negou que a pasta esteja promovendo um ‘desmonte’ em órgãos como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Bolsonaro defende novas leis de trânsito

O presidente Jair Bolsonaro se defendeu na quinta-feira, durante transmissão no Facebook, das críticas ao projeto que muda a legislação de trânsito, alterando penalidades aplicadas. Ele afirmou que, em relação às cadeirinhas para crianças, as multas eram, na prática, contestadas na Justiça e retiradas.

Termina hoje prazo para inscrição em vagas do Sisu

Quem deseja ingressar em uma universidade pública ainda este ano tem até esta sexta-feira (7) para se inscrever na segunda edição do Sisu de 2019. As inscrições estão abertas desde segunda-feira e são ofertadas 59.028 vagas para o ensino superior em todo o território nacional. Para se candidatar e concorrer, basta ter feito o Enem em 2018 e obtido nota maior que zero na redação.

Ação contra Bolsonaro por ofensa a negros é extinta

A segunda instância da Justiça Federal encerrou o processo no qual o presidente Jair Bolsonaro respondia por declarações ofensivas a negros e quilombolas. O caso teve origem em palestra dada pelo então deputado federal no Clube Hebraica, no Rio de Janeiro, em abril de 2017. Na ocasião, Bolsonaro contou que visitara um quilombo e que ‘o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas’.

Lula vira réu pela décima vez na Justiça Federal

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara do Distrito Federal, aceitou uma denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os ex-ministros Antonio Palocci e Paulo Bernardo e o empresário Marcelo Odebrecht. O trio teria recebido em 2010 de Odebrecht US$ 40 milhões (R$ 64 milhões à época) em troca do aumento para US$ 1 bilhão em uma linha de crédito do BNDES para financiar a exportação de bens e serviços a Angola, onde a empreiteira tem negócios.

PGR pede manutenção da prisão preventiva de Cunha

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou nesta 5ª feira (6.jun.2019) manifestação ao STF (Supremo Tribunal Federal) pedindo que a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha seja mantida. Para Raquel Dodge, a prisão preventiva de Cunha foi “adequadamente motivada na garantia da ordem pública, a partir de elementos concretos que demonstram o risco de reiteração delitiva advindo de sua liberdade”.

STF barra venda de estatais, mas libera subsidiárias

O Supremo Tribunal Federal decidiu ontem que o governo federal pode vender subsidiárias de empresas estatais ou mistas sem a autorização do Congresso Nacional. A decisão se estende para governos estaduais e prefeituras. A venda das empresas-mãe, porém, ainda depende de aval do Legislativo.

Fachin libera venda da TAG pela Petrobrás

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu na noite desta quinta-feira, 6, liberar a venda pela Petrobrás de 90% da Transportadora Associada de Gás (TAG), por US$ 8,6 bilhões. O negócio havia sido suspenso pelo próprio Fachin por meio de liminar, derrubada agora. A nova decisão de Fachin foi tomada depois de o Supremo determinar que o processo de venda ou perda de controle acionário de subsidiárias das estatais não precisa de aval do Congresso Nacional para ser realizado.

Especialistas criticam veto em nova lei de drogas

O presidente Jair Bolsonaro decidiu vetar o artigo da nova Lei Antidrogas que permitiria que a Justiça aplicasse penas mais baixas para traficantes flagrados com pequenas quantidade de drogas. Para especialistas, a decisão do governo federal tem ‘espírito punitivo’ e pode piorar problemas relacionados ao tráfico, como o aumento contínuo da população carcerária e, consequentemente, de pessoas que devem passar às fileiras de facções criminosas.

Suspeito de tráfico em caso Marielle é solto

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu revogar a prisão preventiva de Alexandre Motta de Souza, amigo do sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa, denunciado como o autor da morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Durante operação realizada em 12 de março, a polícia encontrou na casa de Alexandre 117 supostas peças de fuzis que pertencem a Lessa, e prendeu Alexandre por suspeita de praticar tráfico de armas em sociedade com Lessa.

Neymar depõe no RJ; Najila será ouvida hoje

Neymar se apresentou nesta quinta-feira à Polícia Civil para depor por ter cometido crime digital ao se defender das acusações de estupro e agressão à modelo Najila Trindade. O atacante chegou em uma van, foi cercado primeiro por uma multidão de fãs e depois por um batalhão de jornalistas. Desceu de muletas, foi levado de cadeira de rodas e se manteve calado. O jogador ficou por volta de 1h30 dentro da delegacia. Najila não compareceu ao depoimento que estava marcado para ontem em São Paulo. De acordo com o advogado Danilo Garcia, que esteve na delegacia na quinta, a modelo vai comparecer nesta sexta-feira (7), às 11h.

Em áudio, Neymar diz que Najila ‘pedia mais’; modelo rebate

Um novo trecho da conversa entre Neymar e Najila Trindade foi divulgado na quinta-feira pela TV Record. Nele, os dois trocam mensagens no dia 16 de maio, um dia após o ocorrido que terminou em acusação de estupro. A modelo chega a mandar uma foto das nádegas machucadas, o jogador responde que ela também teve culpa, e Najila rebate fortemente.

FUTEBOL

França e Coreia abrem a Copa do Mundo feminina

Começa nesta sexta-feira a Copa do Mundo feminina de futebol. As principais jogadoras do planeta se reúnem na França para decidir quem é a melhor seleção. O jogo de estreia será entre França e Coreia do Sul, às 16h de hoje (horário de Brasília). O Brasil estreia no domingo (9), às 10h30, contra a Jamaica. As partidas vão até 7 de julho, quando acontece a grande final.

JOGOS DE HOJE

Campeonato Brasileiro

20h30 – Vasco x Internacional

Copa do Mundo Feminina

16h00 – França x Coreia do Sul