As principais notícias desta quarta-feira 15 de maio

Por Jornalismo Rede Nova - 15/05/2019

Paralisação deve atingir ao menos 75 instituições federais

Pelo menos 75 das 102 universidades e institutos federais de ensino do País convocaram protestos para esta quarta-feira (15), em resposta ao bloqueio de 30% dos orçamentos determinado pelo Ministério da Educação. Eles terão apoio de universidades públicas estaduais de diversos Estados – incluindo São Paulo, onde os reitores de USP, Unicamp e Unesp convocaram docentes e alunos para ‘debater’ os rumos da área. Cientistas e pesquisadores de diversas instituições e estudantes de faculdades privadas também vão aos protestos convocados em todos os Estados. É o caso, por exemplo, de PUC-SP e Mackenzie, em São Paulo. Além da comunidade do ensino superior, parte da rede básica também aderiu à paralisação.

Ministro é convocado para explicar cortes na educação

Em uma articulação de última hora, deputados da oposição e do Centrão impuseram mais uma derrota ao governo de Jair Bolsonaro na terça-feira (14) na véspera de sua viagem aos Estados Unidos, ao aprovar a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub. O ministro deverá ir ao plenário da Casa já nesta quarta-feira (15), quando estão agendados protestos em várias cidades do País contra cortes no orçamento de universidades federais. A convocação foi aprovada por 307 votos a favor e 82 contra.

Líderes do DEM e do PP recusam convite de Bolsonaro

Os líderes do DEM, Elmar Nascimento (BA), e do PP, Arthur Lira (AL), recusaram um convite feito pelo líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo (PSL-GO), para uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro que estava marcada para esta terça-feira. A agenda do presidente foi alterada e passou a registrar apenas a presença de Vitor Hugo. De acordo com os parlamentares, o convite foi feito há dois meses para tratar de assuntos que estavam em voga naquela época, mas que não fariam mais sentido hoje. “Não vou porque não fui eu que pedi, nem marquei. Foi um oferecimento de mais de dois meses atrás do líder do governo que queria nos aproximar”, disse Nascimento.

Salário mínimo só terá alta com reformas, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta 3ª feira (14.mai.2019) que o salário mínimo só terá reajuste real –acima da inflação– se as reformas fiscais, como a da Previdência, forem aprovadas. O ministro participou de audiência na CMO (Comissão Mista de Orçamento) do Congresso. Guedes foi convidado para discutir a previsão orçamentária da União para 2020, apresentada à Casa Legislativa no mês passado. “Não definimos a política de salário mínimo. Isso naturalmente passa pelas reformas. Podemos seguir, ano a ano, observando. Se a conjuntura for favorável e as reformas progredirem, obtemos fôlego para anunciarmos algo mais à frente e mais audacioso”, disse. Atualmente, o salário mínimo está em R$ 998. Pela proposta encaminhada ao Congresso Nacional, o governo federal estimou que o salário mínimo ficará em R$ 1.040 em 2020; R$ 1.082 em 2021 e R$ 1.123 em 2022.

Líderes dizem que Bolsonaro recuou em cortes; Planalto nega

Deputados que haviam se reunido com o presidente Jair Bolsonaro na tarde de terça-feira disseram após o encontro que o governo iria rever o bloqueio de recursos no orçamento da Educação. Líderes de quatro legendas, entre eles do partido do próprio presidente, disseram que Bolsonaro telefonou para o ministro da Educação e determinou que novos cortes deixem de ser feitos. Após deputados narrarem a ordem, a Casa Civil desmentiu o recuo.

Bolsonaro chega aos EUA para visita de dois dias

Diante de dificuldades para organizar uma viagem a Nova York, onde seria homenageado nesta semana mas enfrentava uma série de protestos contra sua ida, o presidente Jair Bolsonaro mudou seu roteiro e agora visitará a cidade de Dallas, no Estado do Texas. Nesta quarta está prevista uma reunião entre o brasileiro e o ex-presidente americano George W. Bush. Amanhã, Bolsonaro será homenageado em um almoço pelo World Affairs Council de Dallas-Fort Worth e receberá o prêmio ‘Personalidade do Ano’ da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.

Filho de Bolsonaro defende armas nucleares no Brasil

Em um evento na noite desta terça-feira (14), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) defendeu a posse de armas nucleares e disse que o Brasil seria levado “mais a sério” caso tivesse um “poder bélico maior”. “São bombas nucleares que garantem a paz. Se nós já tivéssemos os submarinos nucleares já finalizados, que têm uma economia muito maior dentro d’água; se nós tivéssemos um efetivo maior, talvez fossemos levados mais a sério pelo [Nicolás] Maduro, ou temidos pela China ou pela Rússia”, disse o deputado a alunos da Escola Superior de Guerra em palestra na Câmara dos Deputados.

STJ decide por unanimidade soltar Temer

O Superior Tribunal de Justiça concedeu na terça-feira liberdade ao ex-presidente Michel Temer, preso desde a quinta-feira em São Paulo. A prisão será substituída por outras medidas cautelares, como o bloqueio de bens, o impedimento de viagens ou mudança de endereço e proibição de manter contato com outros investigados que não sejam da família. A decisão foi tomada por unanimidade pela Sexta Turma do STJ em caráter liminar, mas os habeas corpus do presidente e do coronel ainda serão analisados pela Sexta Turma em outra oportunidade.

Canonização de Irmã Dulce é comemorada  

Devotos de Irmã Dulce receberam com festa e orações, na terça-feira, a notícia da canonização da freira conhecida como o ‘Anjo bom da Bahia’. O arcebispo-primaz de Salvador, d. Murilo Krieger, disse que o dia ‘é de júbilo’ para a Igreja do Brasil e que a canonização da freira será uma das mais rápidas da história. Irmã Dulce se torna santa apenas 27 anos após seu falecimento. A notícia foi divulgada oficialmente, pelo Vaticano, de manhã de ontem, mas a data da cerimônia de santificação ainda será marcada.

Condomínio não pode proibir criação de pets

O Superior Tribunal de Justiça decidiu na terça-feira que condomínios não podem proibir morador de criar animal de estimação. A decisão vale desde que o animal não coloque em risco a segurança e tranquilidade dos demais moradores. A corte julgou o caso de uma moradora de um condomínio em Samambaia, cidade satélite de Brasília, que possui uma gata de estimação. A condômina entrou na Justiça em 2016 para manter o animal no apartamento.

Comissão aprova projeto que obriga preso a pagar despesas

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou nesta terça-feira (14) um projeto de lei que obriga o preso a ressarcir suas despesas na prisão ao Estado. De acordo com a proposta do ex-senador Waldemir Moka (MDB-MS), aquele que não tiver condições de arcar com os custos deverá “valer-se do trabalho”. Em seu parecer, a relatora Soraya Thronicke (PSL-MS) estabeleceu que poderá ser descontado até um quarto do salário do detento. O preso que não conseguir pagar a conta, segundo prevê o projeto, será inscrito na “dívida ativa da Fazenda Pública”. A relatora estabeleceu ainda que o preso que não tiver condições de fazer o pagamento em até 5 anos ficará isento da obrigação.

Alasca: batida de hidroaviões mata ao menos 5 turistas

Cinco pessoas morreram e uma está desaparecida após a colisão de dois hidroaviões que transportavam turistas na segunda-feira no Alasca, Estados Unidos. Dez pessoas sobreviveram, das quais quatro estão gravemente feridas. Investigadores federais tentarão descobrir por que os dois aviões se chocaram em pleno ar sobre a água e à luz do dia.

Venezuela: oposição é impedida de entrar no Congresso

As forças de segurança da Venezuela impediram na terça-feira a entrada de deputados da oposição na sede do Congresso antes de uma sessão, depois de um aumento da tensão que levou a Suprema Corte a acusar parlamentares de traição à pátria na semana passada.

May apresentará projeto para sair da UE em junho

O governo da primeira-ministra britânica, Theresa May, apresentará no começo de junho seu projeto de lei para deixar a União Europeia (UE), anunciou nesta terça-feira (14) um porta-voz de Downing Street. A declaração foi feita após as últimas discussões entre May e o líder opositor trabalhista Jeremy Corbyn para dar fim ao bloqueio no Parlamento britânico, que rejeitou, em várias ocasiões, o acordo de separação que a primeira-ministra alcançou com seus sócios europeus. May se reuniu com Corbyn “para deixar clara nossa determinação de concluir os diálogos e cumprir com o resultado do referendo para deixar a UE”, disse o porta-voz.

LOTERIA

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões

Acontece nesta quarta-feira (15) o concurso 2151 da Mega-Sena. O prêmio previsto para quem acertar as seis dezenas é de R$ 3 milhões. O sorteio acontece às 20h, horário de Brasília. Ontem, a Caixa divulgou que a única aposta que acertou todos os números do último sorteio (de R$ 289 milhões) foi feita pela internet, em Pernambuco.

FUTEBOL

JOGOS DE HOJE

Copa do Brasil

19h15 – Atlético-MG x Santos

21h30 – Fluminense x Cruzeiro

21h30 – Corinthians x Flamengo

STJD julgará Grêmio após ofensa racista a atacante

O Grêmio foi denunciado pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo caso de injúria racial de um torcedor para com o atacante Yony González, do Fluminense, ocorrido no último dia 5 de maio, em confronto válido pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. O julgamento será realizado nesta sexta (17), na Quinta Comissão do STJD, no Rio de Janeiro.