Principais notícias desta quarta-feira

Por Jornalismo Rede Nova - 27/09/2017

STF afasta Aécio do Senado

A Primeira Turma do STF negou nesta terça-feira (26) um recurso da PGR de prisão preventiva do senador Aécio Neves (PSDB-MG), acusado de pedir R$ 2 milhões para a JBS, mas decidiu o afastar do mandato. Ele também está impedido de deixar o país, deve se recolher durante a noite em sua residência e não pode manter contato com outros investigados. A partir da notificação, que deve acontecer nesta quarta-feira (27), ele deverá deixar o cargo.

8622288-high

Palocci rompe com o PT

O ex-ministro formalmente se desligou do PT, partido política que ajudou a fundar há 36 anos. Em carta enviada à presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, na terça-feira (26), Palocci questiona os posicionamentos do partido diante das acusações de corrupção, afirma que vai colaborar com a Justiça e com “a verdade” e sugere que o PT faça o mesmo. Após a divulgação do texto que compara o partido a seita e ataca Lula, dirigentes petistas falaram em ‘traição’.

© Foto: Evaristo Sá/AFP
© Foto: Evaristo Sá/AFP

Recibos de Lula

Dois dos recibos apresentados pela defesa do ex-presidente Lula, referentes ao pagamento de aluguel do apartamento vizinho ao dele em São Bernardo do Campo (SP), têm datas que não existem. Os documentos foram entregues à Justiça, a fim de comprovar que o aluguel do imóvel, segundo a defesa, foi “uma relação privada de locação”.

Defesa de Lula: Marisa não fez recibos, foi o locador

O advogado Cristiano Zanin, que defende Lula, minimizou os erros de datas nos recibos de aluguel referentes ao apartamento vizinho ao do ex-presidente, em São Bernardo do Campo. Dois deles têm datas que não existem: 31 de novembro e 31 de junho. “Isso é uma bobagem. Quem fez o recibo foi o Glaucos [da Costamarques, dono do imóvel], que recebeu o aluguel. E não a dona Marisa [Letícia, mulher de Lula], que estava pagando. Quem paga tem direito à quitação e quem faz o recibo é sempre o locador, que diz ter recebido os valores. Se alguém errou, foi ele”, diz Zanin. O advogado afirma que, “de 26 recibos apresentados, só dois têm erro material. O importante é que ninguém contesta a veracidade do documento. A assinatura é dele [Glauco], nem ele contesta isso”. Segundo Zanin, o Ministério Público Federal não consegue provar que dinheiro de oito contratos da Petrobras foram usados na compra do apartamento nem de um terreno para o Instituto Lula e desviou o assunto “para um contrato de aluguel”.

Ação da polícia na Rocinha

O presidente da Associação de Moradores da Rocinha, Carlos Eduardo Barbosa, denuncia arbitrariedades supostamente cometidas por agentes de segurança nas ações desenvolvidas na comunidade desde a última sexta-feira (22), quando começou a ocupação da localidade por tropas federais, em apoio às polícias Civil.

Foto: Wladimir - Agência Brasil
Foto: Wladimir – Agência Brasil

Caixa limita financiamento de imóveis

A Caixa reduziu o teto para financiamento de imóveis usados de 70% para 50% em qualquer linha. A nova regra vale para novos pedidos de financiamentos feitos ao banco a partir de segunda-feira (25). É a terceira vez no ano na qual o banco restringe a tomada de crédito para usados.

Leilão de hidrelétricas

A Agência Nacional de Energia Elétrica faz hoje o leilão de quatro usinas hidrelétricas operadas pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). No pregão, marcado por disputas judiciais, serão negociadas as outorgas de concessões das hidrelétricas São Simão (GO/MG), Jaguara (MG/SP), Miranda (MG) e Volta Grande (MG/SP). Os contratos têm prazo de 30 anos.

Final da Copa do Brasil

Cruzeiro e Flamengo vão decidir nesta quarta-feira quem fica com o título da Copa do Brasil, no embate marcado para o Mineirão, às 21h45. Além de se tratar de uma decisão que envolve dois dos maiores clubes do Brasil, a Raposa pode conseguir aumentar sua marca de títulos nacionais e se igualar a Corinthians e Santos. A vitória vale ainda uma vaga na Libertadores.

inn20170823016_kXJS0fh