Principais destaques desta quinta-feira

Por Jornalismo Rede Nova - 09/11/2017

Novo diretor da Polícia Federal

O presidente Michel Temer oficializou a nomeação do delegado de carreira Fernando Segóvia como diretor-geral da Polícia Federal, substituindo o também delegado Leandro Daiello. Em nota, o governo assumiu o compromisso de não haver nenhuma mudança e interferência nos rumos da Lava Jato.

© Divulgação/Associação Nacional dos Delegados da PF Delegado Fernando Segóvia
© Divulgação/Associação Nacional dos Delegados da PF Delegado Fernando Segóvia

Mudança na Reforma da Previdência

A proposta mínima para a reforma da Previdência acordada na quarta-feira (8) no Palácio do Planalto prevê três alterações em relação à original. A ideia é retirar os artigos que dificultam o acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) e à aposentadoria rural. Ficou acertado também que o tempo mínimo de contribuição para uma pessoa poder se aposentar continuará em 15 anos, em vez dos 25 anos originalmente propostos.

Globo afasta William Waack

A emissora de TV anunciou na quarta-feira que afastou o apresentador do Jornal da Globo de suas funções até que se esclareça a situação mostrada por um vídeo que circulou nas redes sociais durante a tarde de ontem. Nas imagens, o apresentador se irrita com um barulho durante seu trabalho e parece dizer frases de cunho racista.

william_waack

MPF denuncia Guido Mantega

O ex-ministro da Fazenda foi denunciado criminalmente pela força-tarefa do Ministério Público Federal em Brasília por envolvimento na operação Zelotes. A denúncia refere-se ao julgamento do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) de multas aplicadas a uma empresa de um amigo do ex-ministro.

Cabral pede desculpas a juiz 

Em um depoimento com tom mais ameno, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) pediu desculpas na quarta-feira (8) ao juiz Marcelo Bretas pela discussão durante interrogatório há duas semanas em audiência.

Dodge defende transferência de Cabral para presídio federal

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu hoje (8) no Supremo Tribunal Federal (STF) a transferência do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral para um presídio federal. Em parecer enviado à Corte, a procuradora afirma que Cabral “desempenhou função de liderança em organização criminosa” que atuou no Rio e cita suposto privilégios indevidos dentro do presídio em Benfica, onde o ex-governador está preso. Segundo Dodge, Sério Cabral está recebendo tratamento privilegiado e faz ameaças ao juiz Marcelo Bretas, relator das ações penais a que o ex-governador responde na Justiça Federal do Rio.

ADDO277    BSB -  12/07/2017 -   SENADO / SABATINA PGR -  POLITICA  –  A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado presidida pelo senador Edison Lobão realza  sabatina da subprocuradora Raquel Dodge, indicada pelo presidente Michel Temer para a vaga de Procuradora-Geral da República na CCJ .do Senado Federal  em Brasilia.  FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADAO
FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADAO

Mega-Sena acumulada

A loteria pode pagar R$ 19 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso 1.986. Os números serão sorteados nesta quinta-feira (9), às 20h, horário de Brasília. A aposta mínima custa R$ 3,50 e pode ser feita até uma hora antes do sorteio.

Corinthians vence Atlético-PR e abre 8 pontos de vantagem

Com brilho do goleiro Walter e do ‘renegado’ Giovanni Augusto, o time alvinegro conseguiu vencer o Atlético-PR por 1 a 0 em plena Arena da Baixada. Walter brilhou logo no primeiro tempo. Reserva, ele ganhou a chance de jogar porque Cássio está na seleção brasileira. E mostrou mais uma vez que Fabio Carille sempre pode confiar com ele.