O resumo das principais notícias desta sexta-feira 12 de abril

Por Jornalismo Rede Nova - 12/04/2019

Bolsonaro cumpriu metade das promessas para 100 dias

Apesar de o presidente Jair Bolsonaro ter declarado na quinta-feira (11) que o governo cumpriu as 35 metas tidas como prioritárias para os 100 primeiros dias de gestão, 17 delas – quase metade do total – ainda estão em curso, ou seja, dependem de novas etapas para entrar em vigor. Além disso, algumas foram apresentadas no limite do prazo, na quarta e quinta-feira, e com texto genérico.

Governo apresenta projeto para educação domiciliar

O governo do presidente Jair Bolsonaro anunciou, em um pacote com outras dezessete medidas, a prometida proposta para a viabilização do ensino domiciliar no Brasil.Diferentemente do que havia sido divulgado pela ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, o sistema será implementado através de projeto de lei e não por medida provisória. Por isso, a adoção não é automática e só será efetivada se a proposta for aprovada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado.

Deputado entra com mandado contra Previdência

O deputado Afonso Motta (PDT-RS) entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal contra ato do presidente da Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça, Felipe Francischini (PSL-PR). Motta quer conseguir na Justiça o direito de apresentar destaques supressivos à proposta da reforma da Previdência no colegiado. Ou seja, ele quer que os deputados possam rejeitar trechos da matéria e não precisem votar necessariamente pela integralidade do projeto.

Dois prédios desabam na zona oeste do Rio

Dois prédios desabaram nesta sexta-feira na comunidade da Muzema, zona oeste do Rio de Janeiro. Ao menos uma pessoa foi resgatada com vida dos escombros pelos próprios moradores. Aos menos duas pessoas morreram e outras foram retiradas com vida dos escombros e levadas a hospitais da região. Bombeiros trabalham no local.

Perseguição e operação deixam 6 mortos no RJ 

Um total de seis pessoas foram mortas e cinco ficaram feridas após duas ocorrências policiais na Região Metropolitana do Rio na quinta-feira. Em Niterói, dois suspeitos foram mortos e três pessoas ficaram feridas durante perseguição de policiais militares a acusados de assaltos. Na comunidade Morro Azul, no Flamengo, zona sul do Rio, uma operação da Polícia Civil deixou quatro pessoas mortas e duas feridas. Segundo a polícia, todos são suspeitos de envolvimento com o tráfico.

Após anúncio, Petrobrás não reajusta preço do diesel

Mesmo tendo anunciado, na quinta-feira um reajuste de 5,7% no preço do diesel (o litro passaria de R$ 2,1432 para R$ 2,2662), a Petrobrás não alterou o preço do combustível, segundo informações divulgadas na página da estatal na internet. O novo valor começaria a ser cobrado nesta sexta-feira. Sob ameaça de nova greve, a Petrobrás anunciou que vai manter os preços inalterados por, pelo menos, mais uma semana. (Via Estadão)

Voos da Avianca em SP podem ser suspensos

A GRU Airport, que opera o aeroporto de Guarulhos, notificou a Avianca Brasil que só poderá decolar voos domésticos mediante o pagamento à vista das tarifas do aeroporto. Segundo a GRU, o pagamento relativo à operação desta sexta-feira já foi realizado. Apenas os voos previstos para sábado e domingo, portanto, podem ser suspensos, caso não haja pagamento. Segundo nota divulgada pela operadora, a notificação foi feita para que a companhia aérea, em recuperação judicial, possa adotar as medidas necessárias para evitar atrasos na liberação dos voos já agendados.

Suzano: mais dois são presos por ligação com massacre

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira, 11, mais dois homens suspeitos de envolvimento na venda de armas e munições usadas no massacre da Escola Raul Brasil, em Suzano. O atentado aconteceu no dia 13 de março e terminou com a morte de oito vítimas e dos dois atiradores. Segundo a polícia, eles são suspeitos de fornecerem arma para o menor, apontado como o líder do ataque, G. T. M., de 17 anos. O pedido de prisão temporária foi solicitado pelo Ministério Público de São Paulo em conjunto com a Polícia Civil. Nesta quarta-feira, 10, a Polícia Civil prendeu um homem acusado de vender a arma e parte das munições usadas no massacre da Escola Raul Brasil. O suspeito Cristiano Cardias de Souza, o Cabelo, de 47 anos, teve a prisão temporária decretada pela Justiça nesta semana e deve responder por homicídio com dolo eventual quando se presume que ele assumiu o risco de matar.

Reitor da UFPR pede calma e confirma manutenção das aulas da universidade

Após o episódio da ameaça de um massacre no campus Politécnico da Universidade Federal do Paraná (UFPR), no Jardim das Américas, em Curitiba, o reitor da instituição, Ricardo Marcelo Fonseca, fez um pronunciamento em que garante que as atividades da UFPR serão mantidas normalmente. Ou seja, as aulas não serão canceladas e haverá um reforço na segurança para que aulas e atividades de rotina da universidade sejam mantidas. Além da ameaça, nessa quinta-feira (11) uma das salas do campus amanheceu arrombada, com diversos objetos roubados. O reitor, em vídeo divulgado nas redes sociais, admite que o clima na universidade é de tensão, mas pede que as pessoas mantenham ‘a racionalidade’. “Sei que estamos vivendo um momento de apreensão, com a divulgação de ameaças a nossa universidade. Acima de tudo, é essencial manter a racionalidade e trabalhar com informações confiáveis, sem dar ouvidos aos boatos que, inevitavelmente, espalham pânico”, afirmou.

Número de casos confirmados de dengue em SC sobe para 185 em 2019

O número de casos de dengue confirmados em Santa Catarina segue em elevação e 185 pacientes tiveram a doença em 2019, divulgou a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) em boletim nesta quinta-feira (11). A maioria das pessoas contraiu dengue dentro do território catarinense. Em relação às cidades onde os pacientes contraíram a doença, a maioria foi infectada no Litoral, em Itapema, Camboriú e Porto Belo. Cunha Porã, no Oeste, também aparece entre os municípios com maior número de pessoas que contraíram dengue no próprio local.

Após prisão, WikiLeaks libera milhares de documentos

O site Wikileaks liberou o acesso a milhares de documentos governamentais e de empresas após a prisão de seu fundador, o australiano Julian Assange. Ele foi preso na quinta-feira (11) na embaixada do Equador, em Londres, onde estava refugiado desde 2012. Os policiais entraram na embaixada após o presidente equatoriano, Lenín Moreno, suspender o asilo que concedia a Assange.

FUTEBOL

Em ‘bom estado’, Pelé segue internado

O Hospital Albert Einstein divulgou um boletim médico, na quinta-feira, para informar o estado de saúde de Pelé, internado desde a última terça-feira em São Paulo para realização de exames e retirada de um cálculo renal. ‘O paciente Edson Arantes do Nascimento permanece estável clinicamente e apresenta bom estado de saúde. Ele passou por avaliação médica e continua em observação’, diz o comunicado. (Via Estadão)

Galo tenta tirar técnico do Athletico-PR

Segundo a Rádio Itatiaia, o Atlético-MG já tem nome definido na busca por um novo treinador, após a demissão de Levir Culpi na quinta-feira. Trata-se de Tiago Nunes, do Athletico Paranaense, que foi campeão da Copa Sul-Americana em 2018 com o ‘Furacão’ e é uma das sensações da atual Libertadores. De acordo com o veículo, o Galo oferece a Nunes um salário superior ao que ele recebe atualmente em Curitiba.

STF tem maioria contra rebaixamento por dívidas

Na quinta-feira, o pleno do STF formou maioria e entendeu que os dispositivos do Estatuto do Torcedor que obrigavam o rebaixamento dos clubes brasileiros que não estivessem em dia com relação a débitos fiscais ou trabalhistas são inconstitucionais. Na prática, a medida faz com que os clubes não sejam rebaixados no Brasileirão de 2019 por causa de suas dívidas.