Campanha oferece serviços gratuitos aos caminhoneiros em Mandirituba

Por Jornalismo Rede Nova - 15/05/2017

Campanha Saúde na Boleia – Autopista Planalto Sul, concessionária do Grupo Arteris

Sono, hipertensão e uso de “rebites” colocam em risco a vida dos motoristas e a segurança do trânsito, conforme apontam pesquisas da concessionária.

Rio Negro – Cerca de 33 mil caminhoneiros circulam mensalmente pela BR 116 desde Curitiba até Capão Alto, na divisa com o Rio Grande do Sul.

Para estes motoristas a Autopista Planalto Sul, concessionária do Grupo Arteris realiza campanhas como o Saúde na Boleia, que acontece nos dias 16 e 17/05 (terça e quarta-feira), em Mandirituba/PR, no pátio do Posto Nichele, Km 136,2.

SaudenaBoleia - 0113

Durante todo este mês, a concessionária vem desenvolvendo ações de conscientização, saúde e fiscalização em alusão ao Maio Amarelo.

Neste ano o Maio Amarelo traz o tema “minha escolha faz a diferença”. Campanhas como o Saúde na Boleia colocam em atenção a segurança viária, além de enfatizar a importância de checar a saúde dos caminhoneiros e o estímulo a práticas saudáveis, desta forma reduzindo os acidentes nas rodovias.

A campanha oferece gratuitamente aos motoristas serviços como massagem relaxante, corte de cabelo, exames de acuidade visual, cardiograma, triglicerídeos, glicemia, IMC e pressão arterial.

Nesta edição a concessionária tem parceiros como SEST/SENAT, Polícia Rodoviária Federal, Fetranspar e São Francisco Resgate, com serviços como orientação de saúde bucal, orientação ao combate à exploração sexual nas estradas, testes de emissão de gases para os veículos.

O SEST/SENAT também fará orientações do Maio Amarelo para redução de acidentes, com atividade prática para testar coordenação e reflexo.

 Sono na estrada

Segundo dados da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), o sono e a fadiga são responsáveis por 60% dos acidentes no Brasil, sendo que a sonolência ao volante já é a segunda maior causa de acidentes nas rodovias brasileiras. De acordo com a Fundação Nacional do Sono, a insônia aumenta em 250% o risco de acidentes de trânsito nas estradas. Se o motorista sofrer com a apneia do sono, os dados pioram: o risco é elevado para 700%.

“A relação do estado de saúde com a segurança no trânsito é direta. Por isso, investimos em ações de conscientização e de serviços voltados para o caminhoneiro”, explica a coordenadora do Saúde na Boleia, Maria José Finardi. “É comum encontrar motoristas que há muitos anos não faziam exames clínicos e, durante o atendimento, descobriram males como pressão alta e diabetes”.

SaudenaBoleia - 0141

Serviço:

O quê: Campanha Saúde na Boleia

Local: Posto Nichele, Km 136,2 – pista sul

Quando: Terça e quarta-feira, 16 e 17 de maio, das 10h às 16h30.

SaudenaBoleia - 0376