Bandidos assaltam e explodem carro forte na SC-355

Por Jornalismo Rede Nova - 05/09/2017

Mais de 40 soldados, 2 helicópteros e cães farejadores envolvidos nas buscas

noticiafoto-0508b8f85d0ef3ddca94fbd7f4b60606
Fonte/Autor: Endrio Francescon – Douglas Alves – Jornalismo Rádio Vitória – Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira, 05, um fato cinematográfico movimentou a Polícia Militar de Videira e Fraiburgo. De acordo com as informações colhidas até o momento, ressalva que a PM não se manifestou sobre o caso, aproximadamente 10 homens, fortemente armados, bloquearam o fluxo de veículos sobre a ponte que cruza o Rio Papuã, na SC-355. Eles abordaram os condutores de um carro-forte, que seguia sentido Videira, roubaram o dinheiro e explodiram o carro. Eles entraram em uma troca de tiros com os seguranças, onde um deles ficou ferido, sendo encaminhado ao hospital sem gravidade. No chão foi encontrado balas de calibre 0.50 onde a polícia isolou o local para perícia.

Conforme as informações do delegado Valdir Xavier, os dados são atualizados periodicamente pela Polícia Civil. Ele nos falou que há a possibilidade de haver oito envolvidos e cinco veículos no assalto, sendo que não está descartado o envolvimento de pessoas da região. Duas pessoas teriam ficado feridas, sendo um segurança da empresa Prosegur e um assaltante que teve a perna machucada. Esta situação está sendo trabalhada pois havia grande quantidade de sangue na pista de rolamento. São 40 polícias envolvidos, dois helicópteros, um da Polícia Militar e outro da civil, além de três canis, onde cães farejadores estão sendo utilizados nas buscas.

O delegado civil, Valdir Xavier, não descarta a hipótese de que os bandidos estejam na região. O carro-forte seguia de Joaçaba para Fraiburgo, porém, foi obrigado a fazer o retorno em cima da ponte. O trânsito foi liberado às 12h30, entretanto, o carro-forte e a GM S10 foram removidos por volta das 14h. Neste momento (15h30) o veículo GM Cruze está na rodovia, pois foi o único carro que não foi destruído e permaneceu no local, o perímetro está isolado para a perícia, sendo que o Departamento de Investigação Criminal (DEIC) está colaborando. A polícia está realizando cercos em todo o Estado para localizar os autores do assalto.O Delegado explicou ainda que grande parte do dinheiro foi queimado, cerca de 80%, pois, depois de renderem os guardas, os bandidos colocaram os explosivos no teto do carro-forte, desta forma, perderam grande parte do material que seria roubado. Eles seguiram por estradas de terra no interior de Fraiburgo. Possivelmente todos os carros eram roubados. A polícia pede para que a comunidade colabore na localização dos bandidos.

Fotos Rádio Videira
Fotos Rádio Videira