Alerta para a próxima semana: Frio intenso, neve e geada

Por Jornalismo Rede Nova - 14/07/2017

Acompanhe o boletim Meteorológico da EPAGRI/CIRAM

A PRÓXIMA SEMANA SERÁ COM FRIO INTENSO EM SANTA CATARINA

OBSERVAÇÃO 1: DECLÍNIO ACENTUADO DE TEMPERATURA E NEVE

O ingresso da poderosa massa de ar polar se dará com vento moderado a forte no domingo e na segunda-feira. Podem ser esperadas rajadas de 50 km/h a 70 km/h na maioria das cidades do Estado e isoladamente superiores. O ar polar vai ser impulsionado por um ciclone extratropical na costa da Argentina. Alerta-se que o vento deve provocar sensação térmica significativamente baixa já no domingo em algumas regiões e em todo o Estado na segunda-feira com valores que podem atingir até 10ºC a 15ºC negativos nos Aparados da Serra e Planalto Sul Catarinense na segunda. O mar deve ficar agitado na costa do Sul do Brasil com provável ressaca.

23383647

Inicio: 17/07/2017 às 00:00h

Fim: 17/07/2017 às 23:59h

Regiões: TODAS AS REGIÕES DE SANTA CATARINA

Previsão: Declínio acentuado de temperatura, com mínima à noite no Estado devido ao avanço de uma intensa massa de ar polar. O vento sul moderado com rajadas de 50 a 70 km/h aumenta a sensação de frio. Condição de neve entre o fim da manhã e início da noite, especialmente na serra catarinense.

OBSERVAÇÃO 2:  TEMPERATURA BAIXA E GEADA

informativo

Inicio: 18/07/2017 às 00:00h

Fim: 20/07/2017 às 07:00h

Regiões: TODAS AS REGIÕES DE SANTA CATARINA

Previsão: Temperatura baixa, negativa (-2°C a -7°C) com geada ampla nas áreas altas do Oeste ao Planalto, próxima de 0°C com geada isolada no Alto e Médio Vale do Itajaí e região de serrana de Florianópolis. O frio também será intenso no Litoral, com temperatura mínima de 3°C a 6°C, com chance de geada isolada.

Gilsânia Cruz e Marcelo Martins – Meteorologistas EPAGRI/CIRAM

Recomendações da Defesa Civil SC:

Geada: agricultores deverão tomar medidas preventivas.

geada

Frio Intenso: atenção com população mais vulnerável, como enfermos, moradores de rua, idosos e crianças. Procurar abrigo aquecido. Além disso, abrigar animais domésticos nas noites mais frias. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, em virtude das doenças causadas pelo frio (gripe, resfriados, pneumonia, meningite) é essencial tomar medidas simples como manter-se bem agasalhado, beber bastante água e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além da higiene freqüente das mãos. Essas medidas são de grande valia na prevenção destas doenças, ressaltando que crianças e pessoas idosas são mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio e devem estar mais atentas.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.