Acompanhe o resumo das principais notícias de hoje

Por Jornalismo Rede Nova - 11/04/2018

Ministro suspende ação sobre prisão após 2ª instância

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, acatou na terça-feira (10) o pedido dos advogados do Partido Ecológico Nacional e suspendeu por cinco dias a Ação Declaratória de Constitucionalidade em que o partido pede o fim das prisões de condenados após segunda instância. Um dos beneficiados de uma possível decisão favorável à ação ou à liminar seria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde sábado.

Ex-presidente entra com último recurso após condenação

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram com o derradeiro recurso, em segunda instância, contra a condenação no caso triplex. Trata-se dos embargos dos embargos de declaração, movidos ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região. A defesa ainda pode mover recursos ao Superior Tribunal de Justiça e ao Supremo Tribunal Federal.

Juíza nega visita de governadores a Lula em Curitiba

A juíza federal Carolina Moura Lebbos negou nesta terça-feira, 10, a visita de nove governadores ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato há três dias, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. “Não há fundamento para a flexibilização do regime geral de visitas próprio à carceragem da Polícia Federal. Desse modo, deverá ser observado o regramento geral. Portanto, incabível a visitação das pessoas”, afirmou a juíza, em decisão. O petista receberia a visita nesta tarde dos governadores Tião Viana (Acre), Rui Costa (Bahia), Camilo Santana (Ceará), Fernando Pimentel (Minas Gerais), Wellington Dias (Piauí), Flávio Dino (Maranhão), Renan Filho (Alagoas), Jackson Barreto (Sergipe) e Paulo Câmara (Pernambuco).

Moro ouve Marcelo Odebrecht em ação contra ex-presidente

Nesta quarta-feira, o juiz federal Sergio Moro ouvirá Marcelo Odebrecht sobre um apartamento que, para o MPF, fez parte de um esquema de pagamento de propina ao ex-presidente Lula e o PT. Após condenado e preso pelo caso do tríplex, essa é ação mais adiantada contra Lula, que pode fazer o ex-presidente ser condenado novamente, ainda neste semestre.

STJ nega recurso contra prisão de ex-governador tucano

Um ministro do STJ negou ontem uma liminar para impedir a prisão do ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB). O tucano foi condenado a 20 anos e dez meses de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, no processo conhecido como “mensalão mineiro” ou “mensalão tucano”.

Tentativa de fuga deixa 21 mortos em presídio do PA

Ao menos 21 pessoas morreram em uma troca de tiros nesta terça-feira, 10, após presos tentarem fugir do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III (CRPP III), considerado de segurança máxima, em Santa Izabel do Pará, região metropolitana de Belém. Além de um carcereiro, 15 mortos eram presos da unidade e outros 5 eram do grupo externo que participava da tentativa de fuga.

Justiça manda prender ‘Viúva da Mega-Sena’

Um juiz de Rio Bonito, no interior do Rio de Janeiro, determinou a prisão de Adriana Ferreira Almeida Nascimento. Ela foi condenada, em dezembro de 2016, a 20 anos de prisão, após ser acusada de mandar matar, em janeiro de 2007, o marido Renné Senna, lavrador que ganhou R$ 52 milhões sozinho na Mega-Sena.

Dono do Facebook admite falha em proteção de dados

O CEO e fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, prestou depoimento ao Senado dos Estados Unidos na terça-feira sobre o uso indevido de dados de usuários da rede social por parte da empresa de consultoria política Cambridge Analytica. A audiência durou quase cinco horas e, nesta quarta, Zuckerberg falará diante da Câmara dos Representantes.

Kim Jong-un usou passaporte emitido no Brasil, diz Itamaraty

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) confirmou que a Polícia Federal emitiu passaportes brasileiros para o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un e seu pai, Kim Jong-il, em fevereiro de 1996. Segundo informações do site do G1, os documentos foram emitidos pela embaixada brasileira em Praga, na República Tcheca, com os nomes Josef Pwag e Ijong Tchoi.

FUTEBOL

Jornais não perdoam Barça após derrota para a Roma

Os principais jornais esportivos da Espanha não perdoaram a atuação do Barcelona contra a Roma, que acarretou na derrota por 3 a 0 e consequente eliminação da Champions. O clube havia vencido em casa por 4 a 1, na ida, mas cedeu à pressão adversária e acabou eliminado.